NGANDU: A importância das populações de tubarões e da utilização sustentável dos oceanos para o bem-estar humano em Cabo Verde e São Tomé e Príncipe

Pretendemos melhorar a gestão sustentável dos ecossistemas marinhos em São Tomé e Príncipe.

A Oikos tem prestado apoio, em São Tomé e Príncipe, à implementação do projeto de Investigação aplicada NGANDU, coordenado pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa e implementado em São Tomé e Príncipe e Cabo Verde.

Pretende-se com o estudo avaliar a importância dos tubarões e serviços dos ecossistemas marinhos para o bem-estar das comunidades locais de São Tomé, através de uma caracterização biológica de populações de tubarões e da identificação de pressões antropogénicas sobre ecossistemas marinhos. Serão dadas também orientações para o desenvolvimento sustentável das comunidades, e de que forma poderão preservar os ecossistemas marinhos e assim melhorar a sua qualidade de vida.

Localidade: Ilha de São Tomé

Quando: 2022-2023

Orçamento: 5 137 €

Beneficiários: 40 pessoas

EIXOS TEMÁTICOS

SETORES DE INTERVENÇÃO

Últimas Notícias

Ainda não há notícias no projeto



Related projects