Área Reservada
  • Português

Desenvolvimento local e sustentável nas Honduras

Terça, 28 Setembro 2010 14:51

Micro-indústrias do sector agro-alimentar contribuem para uma gestão racional dos recursos naturais e para a redução da pobreza nas Honduras.

A Oikos tem em curso um projecto nas Honduras que tem como objectivo principal contribuir para a conservação dos recursos naturais no município de Pespire e melhorar o nível de vida da população local, particularmente através da geração de rendimento e emprego. Em execução desde Janeiro de 2008, o projecto beneficia um total de 6.760 pessoas.

 

As Honduras encontram-se entre os países com baixo índice de desenvolvimento humano. Uma vez que as populações mais vulneráveis dependem da exploração dos recursos naturais para a sua sobrevivência, a situação de pobreza está muito vinculada à problemática da desflorestação, degradação da qualidade do solos e da água. É justamente esta a realidade que afecta as comunidades que beneficiam deste projecto.

 

Com a criação de micro-indústrias do sector agro-alimentar, o projecto visa a redução da pobreza através do aumento do rendimento familiar das comunidades, com o desenvolvimento de actividades comerciais inovadoras geradoras de receitas e empregos mais sustentáveis. Neste sentido, estes "novos negócios" procuram desenvolver uma gestão racional dos recursos naturais existentes, e introduzir técnicas de agro-ecologia e cultivos alternativos.

 

Entre as actividades que visam uma agricultura sustentável, foram criadas 300 hortas familiares com sistemas de rega e estratégias alternativas para o controlo de pragas, com a capacitação dos agricultores locais nestas temáticas e participação activa das mulheres em todas as acções desenvolvidas.

 

Um bom exemplo de empreendedorismo local é a Confeitaria "La Colmena" em El Carrizal, que permitiu a criação de empregos para mulheres desta comunidade, e a troca de experiência com outras micro-indústrias para o desenvolvimento de estratégias conjuntas de produção e comercialização.

 

O projecto "Cadeias produtivas e gestão sustentável dos recursos naturais de Pespire" tem ainda uma componente ambiental, cuja actividade maior é a construção de um aterro sanitário para a correcta deposição do lixo, de modo a minimizar o impacto da contaminação ambiental rural e urbana naquela região. Além disso, são desenvolvidas campanhas de limpeza urbana com a população e iniciativas de sensibilização ambiental nas escolas.

 

Este projecto tem como parceiro local a ADEPES - Asociación de Desarrollo Pespirense, e é financiado pela Comissão Europeia e Instituto Português de Apoio ao Desenvolvimento.

Consulte o Projecto:

  • Cadeias produtivas e gestão sustentável dos recursos naturais em zonas de ladeira do município de Pespire (2008-2011)

    Com a criação de micro-indústrias do sector agro-alimentar, o projecto tinha como objectivo a redução da pobreza através do aumento do rendimento familiar das comunidades, com o desenvolvimento de novas actividades comerciais que ainda não haviam sido exploradas, e que possam gerar receitas e empregos mais sustentáveis.

     

    Neste sentido, estes "novos negócios" procuraram desenvolver uma gestão racional dos recursos naturais existentes, como também cultivos agrícolas alternativos. O projecto tinha nainda uma forte componente ambiental. Foram realizadas desde campanhas de educação ambiental para a população até actividades de limpeza urbana e colocação de diversos cestos de lixo em todo o Município. A actividade de maior impacto foi a construção de um aterro sanitário para a correcta deposição do lixo, de modo a minimizar o impacto da contaminação ambiental rural e urbana naquela região.

     

    Foi também criada, em conjunto com a Câmara Municipal, a "UMA" - Unidade Municipal Ambiental. Esta Unidade é responsável por diversas actividades que estimulam uma boa gestão e uso racional dos recursos naturais existentes no Município. Entre muitas outras actividades, a UMA incentiva a recolha organizada de lixo nas comunidades beneficiadas, dando todo o apoio logístico e requisição gratuita de enxadas, carrinhos de mão e bidões para recolhas maiores.

Parceiros