Área Reservada
  • Português

Unidade Municipal Ambiental nas Honduras

Sexta, 12 Novembro 2010 14:49
Projecto de gestão sustentável dos recursos naturais no município de Pespire, nas Honduras, tem uma forte componente ambiental.

 

Entre as principais acções desenvolvidas, são realizadas desde campanhas de educação ambiental para a população até iniciativas de limpeza urbana e colocação de cestos de lixo em todo o Município. A actividade de maior impacto é a construção de um aterro sanitário para a correcta deposição do lixo, de modo a minimizar o impacto da contaminação ambiental rural e urbana naquela região.

 

Foi também criada, em conjunto com a Câmara Municipal, a "UMA" - Unidade Municipal Ambiental. Esta Unidade é responsável por diversas actividades que estimulam uma boa gestão e uso racional dos recursos naturais existentes no Município.

 

Entre muitas outras iniciativas, a UMA incentiva a recolha organizada de lixo nas comunidades beneficiadas, dando todo o apoio logístico e requisição gratuita de enxadas, carrinhos de mão e bidões para recolhas maiores. É ainda aproveitada a época de chuvas para o cultivo de um pequeno viveiro com árvores, muitas delas plantadas por crianças das escolas desta zona. Depois, estas árvores servem para reflorestação de espaços verdes nas comunidades e também nas próprias escolas.

 

No vídeo poderá ouvir um pequeno depoimento do Sr. Ritto Oyuela, responsável pela coordenação do comité ambiental da UMA.

Consulte o Projecto:

  • Cadeias produtivas e gestão sustentável dos recursos naturais em zonas de ladeira do município de Pespire (2008-2011)

    Com a criação de micro-indústrias do sector agro-alimentar, o projecto tinha como objectivo a redução da pobreza através do aumento do rendimento familiar das comunidades, com o desenvolvimento de novas actividades comerciais que ainda não haviam sido exploradas, e que possam gerar receitas e empregos mais sustentáveis.

     

    Neste sentido, estes "novos negócios" procuraram desenvolver uma gestão racional dos recursos naturais existentes, como também cultivos agrícolas alternativos. O projecto tinha nainda uma forte componente ambiental. Foram realizadas desde campanhas de educação ambiental para a população até actividades de limpeza urbana e colocação de diversos cestos de lixo em todo o Município. A actividade de maior impacto foi a construção de um aterro sanitário para a correcta deposição do lixo, de modo a minimizar o impacto da contaminação ambiental rural e urbana naquela região.

     

    Foi também criada, em conjunto com a Câmara Municipal, a "UMA" - Unidade Municipal Ambiental. Esta Unidade é responsável por diversas actividades que estimulam uma boa gestão e uso racional dos recursos naturais existentes no Município. Entre muitas outras actividades, a UMA incentiva a recolha organizada de lixo nas comunidades beneficiadas, dando todo o apoio logístico e requisição gratuita de enxadas, carrinhos de mão e bidões para recolhas maiores.

Parceiros