Área Reservada
  • Português

Oikos apoia Iniciativas de Desenvolvimento Local no Peru

Sexta, 25 Março 2011 15:56

Instalação de comportas, reabilitação de canais de rega e entrega de abacateiros para plantações agrícolas foram algumas das acções realizadas.

 

Os municípios de Lunahuaná e Zúñiga, na Bacia do Rio Cañete, têm agora canais de rega mais eficazes. Com o co-finaciamento dos respectivos municípios, a Oikos apoiou a reabilitação e instalação de comportas nestes canais, com o objectivo de optimizar o sistema de rega e melhor aproveitar a água.

 

Foram ainda construídos pequenos "muros" de defesa contra inundações de água e deslizamentos de terra. Desta forma, pretende-se o aumento na produção de frutas e de outros alimentos para as comunidades que dependem deste sistema de rega.

 

Em 2010, a Oikos organizou o Primeiro Concurso de Pequenos Projectos de Iniciativas de Desenvolvimento Local, no âmbito de um projecto desenvolvido na região, e que visa o fortalecimento dos actores sociais para uma maior participação local nos processos de desenvolvimento, tanto por parte das instituições estatais, das empresas, como da sociedade civil.

 

Os projectos vencedores são monitorizados e acompanhados tecnicamente pela Oikos durante os primeiros 6 meses de execução com o objectivo de apoiar a sustentabilidade destas iniciativas.

 

Desta vez, foram beneficiados os projectos "Melhoria da vala de irrigação dos Anexos de Condoray, Lunahuaná, Jita, Langla, San Jerónimo e Paullo" e "Melhoria da produção agrícola em la Pampa Santa Rosa - Jita", cujas organizações responsáveis disponibilizaram mão-de-obra para a instalação das comportas e reabilitação dos canais de rega.

 

Entrega de abacateiros no Município de Yauyos

 

No Município de Yauyos, 178 abacateiros, certificados pelo "Global Cap"*, foram entregues a mais um dos projectos vencedores do Concurso. O transporte e a plantação dos abacateiros ficou a cargo dos membros de uma Associação de Pais de uma escola.

 

* "Global Cap" é uma organização privada que estabelece normas voluntárias para a certificação de produtos agrícolas em todo o mundo para reafirmar perante os consumidores que a produção alimentar é realizada através da minimização dos impactos negativos de operações agrícolas no meio-ambiente, redução do uso de insumos químicos e garantia de uma abordagem responsável dos assuntos de saúde e segurança dos empregados e saúde animal. Mais informações em www.globalgap.org

Consulte o Projecto: