Área Reservada
  • Português

Empreendedorismo rural no norte de Moçambique

Quarta, 02 Fevereiro 2022 17:25

Na região norte de Moçambique, compreendendo as províncias de Nampula, Cabo Delgado e Niassa, este projecto procura apoiar o empreendedorismo rural. De forma a responder directamente às grandes dificuldades do mundo rural moçambicano, face às dificuldades dos pequenos produtores acederem a serviços e produtos financeiros que lhes permitam intensificar e expandir as suas actividades.

A Oikos, juntamente com o seu parceiro SEPPA, tem apoiado na formação destas comunidades. O projecto apoia o desenvolvimento de serviços financeiros para produtos agrícolas e de financiamento rural, ao mesmo tempo que é providenciada a formação aos pequenos empresários agrícolas e não agrícolas rurais.

 

Esta iniciativa começou com a seleção de beneficiários, tendo como critérios indivíduos cujo rendimento anual não ultrapassasse os 40’000MTN (cerca de €550), famílias chefiadas por mulheres, incapacidade de aceder a serviços financeiros, rendimento instável, pessoas com algum tipo de deficiência e a incapacidade de produzir ou vender produtos agrícolas ou não agrícolas.

 

A aprendizagem adquirida no decorrer da formação sobre a planificação e gestão de negócios foi de extrema importância para o início de negócios sustentáveis e que permita aos beneficiários obterem maior rendimento e lucro. É através destes novos negócios que cerca de 4.000 beneficiários (50% mulheres) conseguirão concretizar os seus sonhos e melhorar a qualidade de vida.

 

Dadas as dificuldades de aceder as fontes de financiamento formal ou informal, a Oikos esta promover a criação de grupos de poupança e crédito rotativo (GPCR) em diferentes comunidades abrangidas pelo projecto. Nestes grupos de poupança local, os beneficiários podem conservar valores e aceder a créditos com mais facilidade de modo a alavancar as actividades produtivas e de rendimento que já estejam a desenvolver e promover no inicio de novos negócios.

 

Testemunhos de beneficiários:

 

Joaquim da Silva vive no distrito de Moma em Nampula com os seus 6 filhos. Joaquim vivia dos produtos agrícolas que cultivava e foi através da sua participação na formação de planos de negócio e poupança e créditos rotativos que aprendeu novas habilidades técnicas e a criar rendimento extra agrícola.

Joaquim da Silva, beneficiária de Projeto de Financiamento ao Empreendedorismo Rural em Moçambique

“Sei que a comercialização é uma actividade realizada maioritariamente por homens, mas tenho o sonho de me tornar uma grande comerciante agrícola de minha comunidade de Nailocone”.

Florinda Lima, beneficiária de Projeto de Financiamento ao Empreendedorismo Rural em Moçambique

Márcia João é uma jovem de 27 anos, casada e com 6 filhos. A sua família vive no distrito de Rapale, província de Nampula, no distrito de Rapale. A Márcia sempre viveu a base da agricultura de sequeiro, onde vendia os seus excedentes em caso de uma boa campanha agrícola, que sempre esteve a baixo de 40’000MTN (cerca de €550) de rendimento anual.

Márcia João, beneficiária de Projeto de Financiamento ao Empreendedorismo Rural em Moçambique

Siraila Lavia não planificava ou calculava os lucros da sua actividade, levando ao enfraquecimento do seu negócio de venda de peixe. Após a formação em gestão de negócios, passou a ter mais controlo do seu negócio, fazendo o registo das suas vendas, cálculo do rendimento e lucros.

Siraila Lavia, beneficiário de Projeto de Financiamento ao Empreendedorismo Rural em Moçambique

Consulte o Projecto:

  • 3b51 Projeto de Financiamento ao Empreendedorismo Rural

    Melhorar os meios de vida e a resiliência de pequenos produtores rurais, empreendedores agrícolas e outros empreendimentos não agrícolas, através do aumento do acesso a serviços e produtos financeiros inclusivos e diversos.

Parceiros

  

A Oikos no Mundo

Trabalhamos com comunidades de regiões e países mais pobres, promovendo a saúde pública, alimentação, água, saneamento e educação.

Onde estamos...
Onde estivemos...
 

Siga-nos

facebook1