Peru

Produção de cogumelos: uma alternativa de subsistência para o distrito de Lunahuaná, Peru

A Oikos, em parceria com a ONG espanhola MUSOL, vem incentivando e promovendo o cultivo de cogumelos comestíveis no Peru. Isto porque este alimento, além de possuir alto valor nutritivo, é um produto com baixo custo de produção.

 

Os cogumelos contam ainda com atributos medicinais tais como propriedades anti-virais, anti-tumores, anti-hipertensivas, entre outras.

 

Para isto, foi instalado um Centro de Capacitação e Produção de Cogumelos em Uchupampa, distrito de Lunahuaná. Graças à parceria e assistência técnica da empresa Willka Peru S.A.C., vem sendo realizadas capacitações e promoção do cultivo aos agricultores, e também a alunos da Universidad José Faustino Sánchez Carrión (sede de Lunahuaná).

 

Attilio Vilela e Jorge Díaz, da Willka Perú S.A.C., explicaram que os cogumelos comestíveis têm um alto valor benéfico nutricional, e podem ser uma alternativa de subsistência alimentar nas áreas rurais, contribuindo para a melhoria da dieta familiar, por ser um produto substituto da carne de origem animal.

 

Além disso, a produção deste tipo de cogumelo é realizada com a utilização de uma tecnologia de fácil implementação, sem a injecção de produtos químicos, e pode tornar-se uma fonte de renda secundária para os produtores.

 

No Peru, 99% da produção deste tipo de cogumelo seco é destinado para exportação, sendo os seus principais destinos a Espanha (40%), o Brasil (30%) e a França (19%).

 

Esta é mais uma iniciativa desenvolvida no projecto “Gestão participativa e transparente dos planos de desenvolvimento da Bacia do Rio Cañete”, que procura promover alternativas de desenvolvimento sustentado, a longo prazo, com diminuição da pobreza e melhora da qualidade de vida. Com previsão de término para Fevereiro de 2012, pretende beneficiar directamente 480 pessoas, e 79.200 de forma indirecta, das Províncias de Yauyos e Cañete.

Artigos Relacionados