Solução participada para plásticos marítimos

Pretendemos responder ao problema dos plásticos marítimos na Ilha de Moçambique, envolvendo a população na proteção e valorização dos ecossistemas marinhos

Existe um grande problema de poluição marítima em Moçambique. Plásticos, micro-plásticos e aditivos associados são hoje a pior agressão infligida aos ecossistemas marinhos, tendo passado a tema central de debate. 

Assim, a solução a este problema envolve necessariamente apostar na educação ambiental, participação, governação capacitada e respostas de valorização e retorno económico conexos que contribuam para que nenhum plástico chegue a tornar-se lixo, numa lógica de economia circular. 

É com este intuito que estamos presentes na Ilha de Moçambique, numa tentativa de proteger e valorizar o ecossistema marinho da Ilha com a participação da população na prevenção, redução, reutilização e reciclagem sustentável e participada. 

Através desta participação da sociedade civil na gestão sustentável dos plásticos, agrega-se valor e rendimento à recolha e aproveitamento dos plásticos marítimos, e soluciona-se esta questão que põe em risco as populações e os ecossistemas. 

País: Moçambique

Localidade: Nampula

Quando: 2021-2023

Orçamento: 152 811 €

Beneficiários: 15 869 pessoas

EIXOS TEMÁTICOS

SETORES DE INTERVENÇÃO

Projetos Relacionados