ReLIVE – Restaurar os meios de subsistência das comunidades afectadas em Zambezia e Nampula, Moçambique

Pretendemos contribuir para a recuperação e resiliência de 7 distritos após as inundações de 2015.

As inundações de Janeiro e Fevereiro de 2015 que afetaram o Malawi, Madagáscar e Moçambique, foram particularmente devastadoras. As cheias e as fortes chuvas têm atingido Moçambique de forma cíclica, deteriorando ainda mais a frágil situação de segurança alimentar no país.

De acordo com o último relatório do Representante local da acção Agrária Alemã de 24 de Abril, este ano as chuvas, inundações e pragas no Centro e Norte de Moçambique destruíram pelo menos 103.807 ha de campos agrícolas (dos quais 60,051 ha só na Província da Zambézia).

Isso afetou cerca de 112.123 famílias que dependem principalmente da Agricultura de subsistência. Em Nampula, as estimativas preliminares indicam que cerca de 19800 ha foram perdidos e que cerca de 50.000 pessoas foram deslocadas pelas inundações com perdas de colheitas e gado reportadas.

Assim, a disponibilidade de alimentos deverá ser constrangida. Muitas fontes de água foram destruídas / contaminadas e as infra-estruturas de higiene tais como latrinas foram danificadas.

Pretendemos assim responder a esta emergência, contribuindo para a recuperação de 7 distritos afetados.

País: Moçambique

Localidade: Zambézia, Nampula

Quando: 2015-2016

Financiamento: 229 759 €

Beneficiários: 30 000 pessoas

EIXOS TEMÁTICOS

SETORES DE INTERVENÇÃO

Projetos Relacionados